TIPOS DE PAPEL

Oi pessoal, tudo certo? O post de hoje é sobre tipos de papel e gramaturas, existem uma infinidade de papéis no mercado, na hora de escolher fica até difícil decidir. Trouxe essa matéria para falar sobre os principais tipos, os mais comuns.

A definição da palavra papel vem do latim papyrus e faz referência ao papiro, uma planta que cresce nas margens do rio Nilo no Egito, da qual se extraia fibras para a fabricação de cordas, barcos e as folhas feitas de papiro para a escrita. Podemos dizer que os primeiros a utilizar este material foram os egípcios, lá foi a primeira gráfica, risos…

Mas desde então o papel vem evoluindo e tomando outros formatos, tamanhos e gramaturas. Até o final do século XVIII, a fabricação do papel era totalmente artesanal. Os moinhos de papel funcionavam de forma primitiva e fabricavam quantidades bem reduzidas de papel, praticamente uma a uma, bem diferente de hoje, que as industrias fabricam milhares em poucos segundos. Então, vamos aos tipos?

OFFSET

O primeiro tipo de papel que todos conhecem é o Offset ou Sulfite, papel muito comum em impressões de panfletos de rua, notas fiscais, receituários, parte interna de livros e os mais grossos são utilizados em cartões e fichas cadastrais. Existe uma variedades de cores e gramaturas que variam de 50g a 300g, um exemplo desse papel é o famoso Chamequinho, as cartolinas estão neste grupo também.

Chamex

JORNAL

Bem similar ao Offset, só que mais fino e “sujo”, suas fibras são mais aparentes e é usado exclusivamente em jornais e notas.

RECICLADO

É o papel ecológico, feito com sobras de papeis já utilizados e novos, é feita uma mistura dos dois. Este papel é bem poroso e possui uma coloração amarelada, mas varia se for aplicado corantes. Passa uma ideia bem ecológica e rustica, dependendo do uso, podemos trazer um conceito vintage, alguns utilizam este papel até para cartões de visitas. As gramaturas variam entre 90g, 120g e 250g.

Reciclado

COUCHÊ

É comum mas tem maior qualidade que o Offset, ele não é poroso, possui uma camada nas duas faces impermeabilizando e deixando mais resistente. Praticamente todas as gráficas de hoje utilizam esse papel na produção de revistas, capas, cartões de visitas, panfletos e folders. A gramaturas vão de 63g a 350g.

Couche

PAPEL FOTOGRÁFICO

É um papel recente e criado para proporcionar uma melhor impressão em jato de tinta, são até a prova d’água, mesmo que você jogue água na sua superfície a tinta resiste. Possui gramaturas de 90g a 300g, pode receber a impressão somente na face preparada para isso.

TRANSFER OU SUBLIMÁTICO

Criado para aplicação específica, a ilustração ou caractere neste papel é transferido para outra superfície através do calor por equipamentos feitos para isto. Muito utilizado para confeccionar estampas em camisetas.

PAPÉIS ESPECIAIS

Como já mencionado, existem centenas de papeis no mercado, são usados em serviços especiais e podem ter um alto custo nas gráficas, geralmente as pessoas optam por estes materiais para convites de casamento e lembrancinhas. Alguns exemplos são: Papel Canson, Telado, Casca de Ovo, Vergê, Opaline, Color Plus, Kraft e etc.

Realmente as possibilidades são muitas, mas sempre conseguimos escolher o papel que melhor se encaixa, o importante é pesquisar os preços e as características para acertar na hora do uso.

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *